2010 | EDIÇÃO 124 | ABRIL | TRUCK | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
Com 730 cavalos de potência, Scania lança o motor mais potente do mundo
Os caminhões V8 da Scania estão dominando a faixa de alta potência do mercado de caminhões na Europa, respondendo por mais da metade do volume total de vendas nas faixas de 600 hp e acima. Com várias classificações de potência disponíveis, agora os exigentes clientes do V8 Scania têm uma ampla gama de opções que ninguém consegue igualar

Reportagem | Mecânica Online
Com Assessoria de imprensa da Scania

             Com 3.500 Nm e 730 hp, o novo Scania V8 topo de linha tem níveis de torque e potência mais altas do que qualquer outro motor de caminhão. As novas linhas de estilo fazem com que todos os prestigiosos caminhões V8 da Scania sejam imediatamente reconhecidos na estrada. Várias faixas de potência de motor são oferecidas, 500, 560, 580, 620 e 730 hp que cumprem as normas Euro 3, Euro 4 e Euro 5. O Scania XPI e diversas outras inovações no novo motor de 730 hp, que atendem às normas Euro 5 e EEV, aumentam ainda mais a produtividade dos caminhões pesados, atingindo um novo nível.

Junto com o lançamento do novo motor de alta potência, a linha de modelos de caminhões Scania V8 - baseada na nova série R da Scania, que recebeu o prêmio “International Truck of the Year 2010” – tem uma identidade única que reflete o forte posicionamento destes modelos no mercado, tanto entre motoristas quanto entre os empresários.

“Os caminhões V8 da Scania construíram seu próprio nicho no mercado de caminhões", diz Henrik Henriksson, vice-presidente sênior de Caminhões da Scania. "A vasta maioria dos clientes de Scania V8 compra por razões racionais. Eles precisam de desempenho, confiabilidade e disponibilidade para fazer seu trabalho com a maior eficiência possível.

“Esta combinação única de desempenho, eficiência de transporte, economia de combustível, durabilidade e atratividade para o motorista significa alta produtividade sob todos os aspectos. Como resultado, os modelos de caminhões V8 da Scania têm o mais alto valor de revenda do mercado. O novo estilo acentua ainda mais esta imagem.

“A potência pura do novo R 730 é importante, mas tão importante quanto ela é o nível de torque. Ter à disposição um torque de 3.500 Nm faz a alegria de qualquer tarefa de transporte, e coloca um sorriso no rosto de todo motorista", conclui Henriksson.

Os caminhões V8 da Scania estão dominando a faixa de alta potência do mercado de caminhões na Europa, respondendo por mais da metade do volume total de vendas nas faixas de 600 hp e acima. Com várias classificações de potência disponíveis, agora os exigentes clientes do V8 Scania têm uma ampla gama de opções que ninguém consegue igualar.

A combinação de 3.500 Nm e 730 hp é mais do que qualquer concorrente pode fazer. O trem de força da Scania foi adaptado para lidar com isto com facilidade. Uma caixa de câmbio Scania reforçada é usada como padrão de fábrica com o novo sistema auto-matizado de troca de marchas Scania Opticruise. Graças à suave entrega de potência inerente ao motor V8, outros componentes do trem de força permanecem em sua maior parte inalterados.

O novo V8 é completamente integrado à linha modular de motores Scania. O motor é baseado nas plataformas e tecnologias usadas nos mais novos motores em linha da Scania, compartilhando também diversas características e componentes com os V8s existentes. O princípio de desenvolvimento passo a passo da Scania, que é sempre combinado com outras peças e componentes, minimiza os problemas do cliente. Serviços profissionais de manutenção e fornecimento de peças estão prontamente disponíveis.

Euro 3
500 hp e 2.400 Nm
580 hp e 2.700 Nm

Euro 4
500 hp e 2.400 Nm
560 hp e 2.700 Nm
620 hp e 3.000 Nm

Euro 5
500 hp e 2.500 Nm
560 hp e 2.700 Nm
620 hp e 3.000 Nm
730 hp e 3.500 Nm

Linha ampliada de caminhões V8 com excelente dirigibilidade - O motores V8 dos caminhões Scania agora oferecem faixas de potência desde 500 hp até 730 hp. As classificações de torque vão de 2.400 ou 2.500 Nm até o notável 3.500 Nm, com relações de torque/potência entre 4,8 e 5,0, e a típica dirigibilidade Scania.
 Euro 3: 500 hp 2400 Nm, 580 hp 2700 Nm
 Euro 4: 500 hp 2400 Nm, 560 hp 2700 Nm, 620 hp 3000 Nm
 Euro 5: 500 hp 2500 Nm, 560 hp 2700 Nm, 620 hp 3000 Nm, 730 hp 3.500 Nm
 EEV 1: 730 hp 3.500 Nm

Os motores V8 da Scania são famosos por sua economia de combustível no trabalho pesado, mas notavelmente econômicos com cargas leves. O torque elevado em baixas rotações abre a possibilidade de economizar ainda mais combustível especificando um eixo traseiro com relação longa. Scania também oferece aos operadores a possibili-dade de rodar seus caminhões com até 100% de biodiesel (FAME) na Europa e 5% no Brasil para reduzir as emissões de carbono.

Os motores são regulados para dar bastante torque já na marcha lenta, para facilitar o arranque. O torque máximo é produzido a partir de 1000 r/min. O declive da curva de torque nas rotações mais altas é cuidadosamente combinado com a elevação da curva de potência para fornecer ‘'potência extra' nas subidas – o motor parece ficar ainda mais forte na medida em que as rotações caem, resultando em excelente dirigibilidade. A entrega de potência é suave ao longo de toda a faixa de giros utilizada.

Projeto e tecnologia próprios - Fiel à sua tradição, a Scania está mantendo o controle de todas as etapas estratégicas para o controle de desenvolvimento e desempenho. O desenvolvimento e fabricação de motores, e também o projeto dos sistemas de gerenciamento do motor, injeção de combustível e controle de emissões são todos feitos internamente.

Esta é uma decisão estratégica para garantir que todas as demandas e objetivos de desempenho e economia de combustível sejam atendidos. Todos os componentes do trem de força são cuidadosamente selecionados, assegurando um consistente desem-penho ambiental, robustez e conveniência de operação.

Bloco do motor em CGI - Principais características do novo motor V8 de alta potência
 Faz parte da linha modular de motores Scania, compartilhando componentes com outros motores Scania em linha e V8, facilitando os serviços de manutenção e peças de reposição, e também o treinamento dos mecânicos.
 Arquitetura de motor tradicional, de fácil manutenção, com cabeçotes individuais para cada cilindro
 Bloco do motor em CGI (ferro-grafite compactado) para suportar pressões de combustão mais altas sem aumento de peso
 Aumento do diâmetro e volume de deslocamento (modularizado com os outros motores)
 Injeção de combustível Scania XPI (injeção de pressão extra alta) de common rail que permite injeções individuais e também múltiplas independentemente da posição do eixo do comando de válvulas
 Pressão máxima de injeção de combustível de até 2400 bar, pressão operacional padrão 1800 bar
 Cabeçotes de cilindro com sistema de arrefecimento otimizado.
 O Scania VGT (turbocompressor de geometria variável) permite, através de um atuador elétrico, variar a pressão de alimentação e a rotação da turbina independentemente do giro do motor, fornecendo por exemplo melhor resposta do motor a baixas rotações, e trocas de marcha mais rápidas com o Scania Opticruise
 O gerenciamento de motor da Scania controla todos os sistemas do veículo rela-cionados ao motor, incluindo o controle de emissões, e interage com todos os outros sistemas de controle do veículo
 Pós-tratamento de escapamento Scania SCR
 Conformidade com as normas Euro 5 e EEV

Plataforma modular de motores - O novo V8 de 730 hp faz parte da nova plataforma de motores Scania com injeção de combustível de common rail, introduzida em 2007 na Europa nos motores em linha. É um projeto totalmente novo, mais resistente que permite pressões de combustão mais altas, mas que mantém as características tradicionais da Scania como cabeçotes indi-viduais para cada cilindro, eixo de comando localizado em uma posição elevada no bloco, e engrenagens de sincronização montadas na parte traseira, assim como o já conhecido filtro de óleo centrífugo. Embora seja um projeto novo, ele compartilha muito da arquitetura e vários componentes com os outros V8s Euro 5, e também com os motores em linha.

O ângulo entre as bancadas do V8 permanece sendo de 90 graus. Isto garante a equalização dentro do motor, com pulsos de potência uniformes, equilíbrio perfeito e entrega de potência ultra-suave, maiores do que em um seis cilindros em linha de tamanho semelhante.

O curso do pistão segue inalterado, deixando intacta a geometria da parte inferior do motor, e permitindo que muitos componentes sejam compartilhados com os outros V8s e motores em linha da Scania. O diâmetro foi aumentado em 3 mm, elevando o volume em 0,7 litro. O diâmetro é compartilhado com os novos motores em linha, significando que os mesmos pistões, camisas de cilindro, cabeçotes etc. possam ser usados para todos os motores de common rail de 9,3; 12,7 e 16,4 litros.

Os eixos de comando são montados nas mesmas posições que antes, ou seja em uma posição elevada no bloco, permitindo o uso de varetas curtas e estáveis. Novos coman-dos de válvulas são usados e o trem de válvulas foi simplificado porque com a injeção de combustível de common rail os injetores são controlados eletronicamente, eliminan-do a necessidade de varetas separados para os mesmos. Os outros componentes na parte superior do motor, ou seja os cabeçotes de cilindro e o trem de válvulas, perma-necem em grande parte inalterados, e são compartilhados com os motores em linha.

Scania 730 cavalos | O motor mais potente de caminhão do mundo

Características de transmissão - A suave entrega de potência do V8 permite que a Scania utilize seu sistema modular de produtos também no segmento de alta potência. O fato de que os mesmos componen-tes são usados na linha inteira de caminhões abre possibilidades quase ilimitadas para os operadores adequarem precisamente os veículos às suas necessidades.

Caminhões com o novo V8 de alta potência vêm com uma embreagem de disco único com torque de entrada ainda mais alto. Uma versão reforçada da caixa de câmbio Scania com overdrive é usada (12 marchas com duas super-lentas), com engrenagens com duplo tratamento superficial (shot-peening) e geometria revisada. O torque máximo está disponível nas três relações de marcha mais altas, disponibilizando máxima dirigibilidade na velocidade de cruzeiro. O torque é reduzido em 5-6% nas marchas mais baixas, mas ainda é mais alto do que qualquer outro produto no mercado.

Scania Opticruise totalmente automatizado com controle de embreagem eletro-hidráulico - O novo motor V8 só é oferecido em conjunto com o Scania Opticruise, seja na versão totalmente automatizada ou com um pedal de embreagem, ambos incluindo o software reprojetado introduzido recentemente na Europa. O Scania Retarder é opcional.

Apesar do alto nível de potência do novo V8, assim como nos motores em linha, um eficiente eixo traseiro de redução simples pode ser usado em muitas aplicações para minimizar a perda de potência e maximizar a economia de combustível.

http://www.mecanicaonline.com.br capa capa créditos imprimir adicione aos favoritos fale conosco fale conosco