EDIÇÃO 125 | MAIO | 2010 | ENGENHARIA | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
GM do Brasil inaugura central logística no Porto de SUAPE
Operação de importação e distribuição de carros Chevrolet para as regiões Nordeste e Norte passa a ser feita por meio de um terminal em Pernambuco. Pátio em SUAPE tem capacidade de movimentação de até 25 mil veículos por ano

                A General Motors do Brasil inaugurou na quinta-feira (06/05/2010), uma moderna central logística no Complexo Industrial e Portuário Governador Eraldo Gueiros - Porto SUAPE -, em Ipojuca (PE), a 57 quilômetros de Recife. O objetivo é receber veículos importados, armazená-los e distribuí-los para 14 estados das regiões Nordeste e Norte do Brasil. A operação começa com o modelo Chevrolet Agile, produzido na fábrica da GM em Rosario, Argentina. O pátio em SUAPE tem uma capacidade de movimentação de até 25 mil veículos anuais.

"A decisão de iniciar este projeto representa uma importante otimização na logística de importação e distribuição de veículos. Com a nova central em Pernambuco, a GM vai reduzir o tempo de entrega dos carros Chevrolet, com foco em atender melhor os consumidores", destaca Jaime Ardila, presidente da General Motors do Brasil e Mercosul.

Ardila acrescenta, ainda, que a GM decidiu investir em Pernambuco, pelo grande potencial de crescimento do estado e também pela perspectiva de desenvolvimento sustentável das regiões Nordeste e Norte.

GM do Brasil inaugura central logística no Porto SUAPE
GM do Brasil inaugura central logística no Porto SUAPE - José Carlos Pinheiro Neto acima e o Governador do estado de Pernambuco, Eduardo Campos, durante solenidade de inauguração
GM do Brasil inaugura central logística no Porto SUAPE

José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da GM do Brasil, ressalta o compromisso que a GM tem com o Brasil: "Nós estamos investindo R$ 5 bilhões até 2012 porque acreditamos no país. O vigoroso crescimento econômico experimentado nos últimos anos pelas regiões Nordeste e Norte, que concentram 40% da população brasileira (cerca de 80 milhões de pessoas), alicerça nossa decisão e nossa confiança no potencial de expansão da economia brasileira".

Segundo Pinheiro Neto, as vendas de veículos no Nordeste, por exemplo, tiveram um expressivo crescimento nos últimos cinco anos, no período de 2005 a 2009, superando a média registrada pelo setor como um todo.

O evento de inauguração oficial, nos cais "4" e "5" do Porto SUAPE, contou com as participações do governador do estado de Pernambuco, Eduardo Campos, do secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Fernando Bezerra Coelho, dentre outras autoridades - além de diretores do Complexo de Suape e outras autoridades locais.

Representando a GM estiveram presentes Jaime Ardila, presidente da GM do Brasil e Mercosul, José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da GM, Marcos Munhoz, diretor geral de Marketing e Vendas da Chevrolet, Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM, e outros diretores da empresa.

A formalização do projeto ao governo pernambucano havia sido feita pela diretoria em nove de maio de 2008. O investimento está orçado em R$ 30 milhões.

Conceito moderno de distribuição de veículos - O Porto SUAPE tem localização estratégica e reúne condições de se transformar em um importante e moderno "hub port" brasileiro, destaca Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM, que coordenou todo o processo de definição da localização da nova central logística da empresa.

Entende-se por hub port ou porto de transbordo aquele porto concentrador de cargas e de linhas de navegação. O termo decorre das estratégias de aumentar o tamanho dos navios, concentrar rotas e reduzir o número de escalas adotadas pelas principais companhias marítimas, notadamente a partir dos anos noventa.

"Sem dúvida alguma vamos contar com excelentes condições de operação, seja na atracação das embarcações, seja na capacidade existente de calado para diferentes portes dos navios que trarão os veículos importados. Temos a convicção de que poderemos adotar um planejamento eficiente de atividade bastante estruturado e definido, de acordo com as nossas expectativas e necessidades", acrescenta Moan.

Segundo Moan, a capacidade de movimentação da central logística é de até 25 mil veículos/ano. Nesta primeira etapa de funcionamento do entreposto, a GM trará o modelo Chevrolet Agile, que é produzido na unidade da empresa em Rosario, na Argentina, para distribuição e venda para 49 concessionárias da Rede Chevrolet nas regiões Nordeste e Norte. Ele não descarta a possibilidade de, no futuro, também serem movimentados por SUAPE, modelos de produção nacional e importados da GM de outras regiões do mundo.

Devido à excelente infra-estrutura do Porto SUAPE, os desembarques dos veículos poderão ocorrer em operações diurnas e noturnas. O pátio de veículos ocupa uma área de 37 mil metros quadrados. Para movimentar os veículos e garantir o funcionamento de toda a operação, serão necessárias cerca de 200 pessoas, incluindo mão-de-obra portuária, operadores de logística, os transportadores autônomos e grupo de apoio administrativo, dentre outros.

As atividades de toda a operação da central logística incluem desde o atracamento dos navios, inspeção de qualidade, transferência dos veículos até o pátio, seu armazenamento, preparação dos veículos nos pátios de estacionamento e de carregamento para seu transporte em carretas (cegonheiras) destinadas para as regiões Nordeste e Norte, bem como escritórios e vestiários dos funcionários e dos operadores de logística.

Porto SUAPE - O Complexo Industrial e Portuário Governador Eraldo Gueiros - Porto SUAPE é o mais completo pólo para a localização de negócios industriais e portuários da região Nordeste. Dotado de excelente infra-estrutura, está apto a atender às necessidades dos mais diversos empreendimentos.

Nos últimos anos, SUAPE tem atraído um número cada vez maior de empresas interessadas em colocar seus produtos no mercado regional ou exportá-los para outros países.

A posição geográfica de Pernambuco, no centro da região Nordeste, transforma SUAPE em um centro concentrador e distribuidor de cargas. A localização também torna o Porto SUAPE vocacionado como um porto internacional concentrador de cargas - hub port - para toda a região da América do Sul.

Em uma estratégia planejada em conjunto pelos armadores internacionais com o governo do Estado de Pernambuco, SUAPE passou a ser visto como o porto que poderia realizar, na Costa Atlântica da América do Sul, as operações de "transhipment", ou seja, a transferência de cargas de navios de grande porte (full-containers de quarta geração) para as instalações portuárias e reembarcando-as em navios de menor porte.

O pólo agrega uma multimodalidade de transportes, por meio de rodovias e ferrovias internas, aliadas a um porto de águas profundas com redes de abastecimento de água, energia elétrica, telecomunicações e gás natural instaladas em todo o complexo.

Estes são os 14 estados para os quais serão distribuídos veículos Chevrolet por meio da central logística do Porto SUAPE: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Roraima, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins.

GM do Brasil inaugura central logística no Porto SUAPE
A GM do Brasil inaugurou sua central logística no Porto SUAPE, em Ipojuca (PE), a 57 quilômetros de Recife, com o objetivo de otimizar a logística de importação e distribuição de veículos. A diretoria da empresa, - liderada por Jaime Ardila, presidente da GM do Brasil e Mercosul, e José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da GM -, esteve presente ao evento, que contou também com a presença do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e outras autoridades, e teve como destaque o primeiro desembarque de veículos Chevrolet Agile, provenientes da fábrica da GM em Rosario, Argentina, para distribuição a 14 estados das regiões Nordeste e Norte
GM do Brasil inaugura central logística no Porto SUAPE
http://www.mecanicaonline.com.br capa capa créditos imprimir adicione aos favoritos fale conosco fale conosco