Mecânica Online®
revista multimídia centro de treinamento online cds interativos vídeosportal mecânica online®
seu veículo tecnovidade engenharia mercado seu veículo lançamentos especiais caixa de ferramentas

ENGENHARIA  SETA  Quarta-feira, 20 de outubro de 2010 - 21h36
 Linha verde Ford promove workshop sobre
eletrificação veicular e sustentabilidade
Como parte do workshop, foi apresentada a tecnologia usada no Fusion Hybrid, próximo lançamento da Ford no segmento de veículos executivos e de luxo

CDs Mecânica Online®
Recife (PE) / São Paulo (SP) Reportagem | Mecânica Online® & Imprensa Ford

              A Ford promoveu ontem, em São Paulo, o Workshop Ford de Eletrificação Veicular e Sustentabilidade, reunindo jornalistas e especialistas para falar sobre o desenvolvimento da tecnologia dos veículos híbridos e elétricos e as perspectivas de mudança da matriz energética usada no transporte, tanto no Brasil como no mundo.

O evento contou com a participação de Reginaldo Braga Arcuri, presidente da ABDI - Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, João Fernando Gomes de Oliveira, presidente do IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas, John Viera, diretor global de Sustentabilidade e Meio Ambiente da Ford, e Eude de Oliveira, especialista em Eletrificação Veicular da Ford América do Sul.

"O objetivo do workshop foi reunir especialistas e dirigentes que estão conduzindo o tema de eletrificação nos veículos e discutir o avanço da tecnologia aplicada para a sustentabilidade. Ao mesmo tempo, foi possível apresentar o avanço tecnológico da Ford nos veículos híbridos que representam a base desse novo caminho do setor automobilístico", disse Rogelio Golfarb, diretor de Assuntos Governamentais e Comunicação da Ford.

Como parte do workshop, foi apresentada a tecnologia usada no Fusion Hybrid, próximo lançamento da Ford no segmento de veículos executivos e de luxo. "A Ford será a primeira empresa a comercializar no Brasil um veículo totalmente híbrido, que é um dos automóveis mais vendidos nesse segmento nos Estados Unidos", ressaltou Rogelio Golfarb.

Palestras - O workshop Ford contou com palestras técnicas com foco local e internacional, incluindo a visão atual da área governamental sobre a introdução dos veículos elétricos no País. Reginaldo Arcuri, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio exterior, falou sobre os avanços recentes do Brasil na área política, financeira, alimentar e energética e destacou a necessidade de aumentar a competitividade da indústria automobilística nacional.

"Os veículos elétricos começam a criar uma massa crítica e a se viabilizar no mercado, como mostram os lançamentos no Salão de Paris 2010. A legislação é um importante indutor do desenvolvimento tecnológico. A Europa está na frente nessa área porque adotou a redução progressiva das emissões de CO2. O Brasil tem muitos pontos positivos, mas ainda precisa avançar nessa regulamentação."

A necessidade de mudar o modelo atual de consumo global, que é insuficiente para repor os recursos renováveis do planeta, foi abordada por João de Oliveira, do IPT, um dos principais institutos de pesquisa do Brasil.

"A solução está na tecnologia. Estamos à beira da terceira revolução tecnológica no transporte. A primeira foi com Henry Ford, que popularizou o automóvel, a segunda foi a produção enxuta e a terceira é a eletrificação. Os veículos híbridos não são uma solução intermediária, tapa-buraco, até a chegada dos elétricos. Eles vão ser usados por muito tempo e casam perfeitamente com a tecnologia brasileira do Flex. Precisamos aproveitar a oportunidade que essa mudança de tecnologia oferece", afirmou.

Mecânica Online®

Fusion Hybrid

Os motores a combustível, segundo os especialistas, continuarão a ser usados por muito tempo e o seu aperfeiçoamento é parte do caminho para a sustentabilidade.

"Um dos avanços nessa área é a tecnologia Ford EcoBoost, que consegue extrair de um bloco pequeno a potência de um motor grande", disse John Viera, da Ford Mundial. "Mas é preciso respeitar as necessidades dos consumidores e o tipo de energia disponível em cada região. Por isso, desenvolvemos motores diesel para a Europa, a gasolina para os Estados Unidos e flex para o Brasil nas nossas plataformas globais".

Ele informou que os híbridos representam hoje 1% da produção da Ford e devem crescer para 10% a 25% em 2020. "Ao mesmo tempo, investimos na economia e no uso de energias alternativas nas fábricas e na aplicação de novos materiais reciclados e renováveis nos veículos".

Eude de Oliveira, da Ford América do Sul, explicou as diferentes tecnologias de veículos híbridos existentes hoje no mercado, os chamados "micro", "medium" e "full" híbridos, e suas vantagens e desvantagens.

"A tecnologia 'full-hybrid', usada no Fusion Híbrido, é a que melhor atende as necessidades atuais, tanto em termos de potência e consumo como de autonomia. Ela oferece uma economia de cerca de 30% no combustível e a mesma versatilidade do carro a gasolina, sem depender do reabastecimento na rede elétrica".

Mecânica Online®

Fusion Hybrid


 
Treinamentos Online Mecânica Online®

Plantão de notícias - Engenharia

  GM lança programa Zero Aterro visando
a 100% de reciclagem em Gravataí (RS)

  BMW Group recebe o prêmio
"Chama da Sustentabilidade" na Rio+ 20

  Técnicos debatem transição de tecnologias

  Ford desenvolve "termômetro" para aprimorar conforto interno

  Aliança Renault-Nissan apresenta modelos elétricos na Rio+20

  Chery parte na seleção de fornecedores

  Na Rio+20 Pirelli apresenta projetos que visam reduzir impacto
ambiental na produção e uso de pneus

Veja mais...
Veja todas as notícias publicadas nessa seção

Mecânica Online® capa principal Expediente Mecânica Online® imprimir página Favorito Mecânica Online® Fale com a Mecânica Online®