FENATRAN 2009 FENATRAN 2009 FENATRAN 2009 FENATRAN 2009 FENATRAN 2009 FENATRAN 2009 FENATRAN 2009 FENATRAN 2009
2009 | EDIÇÃO 118 | ANO X | OUTUBRO | ESPECIAL | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
MAN Latin America apresenta a marca de caminhões MAN
Maior evento do segmento do transporte de cargas da América Latina também destacará novos caminhões Volkswagen Constellation, Worker e Delivery

                A MAN Latin America chegará ao Salão Internacional do Transporte de São Paulo – FENATRAN com grandes novidades. Para apresentar a nova marca a visitantes da América Latina e de outros continentes, além de dar uma pequena amostra de toda a versatilidade e alta tecnologia dos produtos MAN, serão exibidos no estande da montadora quatro modelos da marca alemã: os cavalos mecânicos TGS 26.480 6x4, TGS 28.480 6x2, TGX 33.540 6x4 e o caminhão TGS 41.480 8x4.

Os modelos expostos são comercializados apenas no exterior e fazem parte das linhas TGS e TGX, que serão as primeiras a serem produzidas na fábrica da montadora em Resende (RJ). Com isso, a marca passará a oferecer ao mercado latinoamericano caminhões extrapesados ainda não disponíveis na linha Volkswagen. 

A linha TGS, conhecida por sua robustez e economia, possui veículos de 18 a 41 toneladas de Peso Bruto Total, e é perfeita para aplicações severas na construção civil, como guindastes e betoneiras. A linha é também indicada para o transporte de cargas frigoríficas, bebidas, distribuição urbana e rodoviária, além dos caminhões fora-de-estrada para o transporte de madeira e cana-de-açúcar.

“Caminhão do Ano” em 2008, a série TGX é a mais completa da MAN, com motores potentes de 400 até 680 cavalos. Os caminhões foram projetados para o transporte pesado de longas distâncias e possuem três configurações de cabines, com largura de 2,40 e altura de 1,90 metros, o que torna o modelo um dos mais confortáveis do mundo.

Além de anunciar a futura vinda de produtos MAN ao Brasil e a outros países da América Latina, a montadora confirma durante a FENATRAN a escolha da MWM International para atuar nos processos de produção e logística dos motores a diesel que equiparão os caminhões e ônibus da MAN no Brasil.

A empresa já é fornecedora de motores dos caminhões Volkswagen e participa do Consório Modular em Resende (RJ). Os motores MAN serão produzidos em uma linha de montagem exclusiva, adicional às já existentes na planta da MWM International de Santo Amaro, em São Paulo (SP), uma das duas fábricas da empresa.

Assim como os caminhões MAN, os produtos Volkswagen também terão grande destaque na área dedicada à MAN Latin America no Pavilhão do Anhembi, com oito veículos expostos. Cinco deles são lançamentos que reforçam ainda mais o conceito sob medida que consagrou a Volkswagen como líder no mercado brasileiro de caminhões há seis anos consecutivos.

FENATRAN 2009 - Especial Mecânica Online

Mais versatilidade - A linha de caminhões Volkswagen Delivery já é bastante conhecida por sua fácil manutenção, agilidade no trânsito urbano e muito conforto para o motorista. Para ampliar ainda mais a versatilidade da linha, que já conta com os reconhecidos VW 8.150 e VW 5.140, a MAN Latin America lança na Fenatran os modelos VW Delivery 8.150 Plus e 9.150 com respectivamente 8 e 9 toneladas de peso bruto total. Ambos contam com motor Cummins ISB de 150 cavalos, transmissão ZF de cinco velocidades e eixos reforçados Meritor.

Os veículos são indicados para distribuições urbanas e rodoviárias de curtas distâncias, podendo transportar as mais diversas cargas, como produtos alimentícios, cargas fracionadas e automóveis.

FENATRAN 2009 - Especial Mecânica Online
FENATRAN 2009 - Especial Mecânica Online

Linha vocacional - Em 28 anos de mercado, a montadora se especializou em atender diversos segmentos com modelos especialmente projetados e desenvolvidos para as mais variadas aplicações. Agora, os segmentos de transporte de bebidas, coleta de lixo e construção civil contam com três novos modelos Volkswagen que contemplam ítens específicos solicitados por clientes e indispensáveis para oferecer um excelente desempenho e performance a esses segmentos.

Além dessas características, os novos veículos propiciarão maior agilidade e facilidade nos processos de montagem de carrocerias sobre os mesmos, uma vez que foram projetados considerando essa premissa.

VW Worker 17.180 Distributor: o veículo contempla o chassi preparado para o rebaixamento e a instalação de carroceria para o transporte de bebidas de até 10 paletes, além de contar com uma série de componentes reforçados para atender perfeitamente às exigências dessa modalidade de transporte. O caminhão possui motor MWM de 180 cavalos, que garante ao veículo a melhor relação custo-benefício da categoria.

VW Worker 17.250E Compactor: o veículo possui chassi preparado para a instalação de carroceria para a coleta e compactação de lixo. Contempla  componentes reforçados e desenvolvidos especificamente para atender perfeitamente esta severa aplicação. É equipado com motor Cummins ISB de 250 cv que resulta numa ótima performance neste importante segmento.

VW Worker 26.260E Constructor: o veículo sai de fábrica com chassi preparado para a instalação de betoneira, tomada de força no motor (repto), escapamento vertical, botoeira de partida remota e controle de aceleração do motor na parte traseira do chassi. O motor é o MWM de 260 cavalos, garantindo maior robustez e custo-beneficio entre os modelos da categoria.

Todas essas vantagens e benefícios ofertados aos três modelos Worker vocacionais também estarão disponíveis na linha Constellation.

Segmento rodoviário - O VW Constellation 24.320, um dos mais recentes lançamentos da marca, também estará presente no Salão Internacional do Transporte. O veículo, junto com o também recém-lançado VW Constellation 17.320, retoma a presença da montadora num nicho tradicional e específico do mercado: o segmento rodoviário de chassis rígidos com alta potência do motor.

O modelo atende ao frotista que necessita percorrer longas distâncias e também é uma alternativa econômica para o transportador autônomo que busca caminhões de chassi rígido com desempenho semelhante ao de cavalos mecânicos. O VW Constellation 24.320 possui motor Cummins ISC eletrônico de seis cilindros, turbo e intercooler, potência de 320 cv e  torque de 1.288 Nm @ 1.300 a 1.600 rpm.

Quem passar pelo estande da MAN Latin America na Fenatran também terá a oportunidade de conhecer de perto o VW Constellation 24.250, o caminhão mais vendido do Brasil. Até setembro destedeste ano, foram comercializadas 5.232 unidades do modelo. No ano passado, o veiculo de vocação estradeira foi líder absoluto de mercado com 7.013 unidades vendidas.

É o único produto da categoria desenvolvido e produzido por brasileiros para operações rodoviárias de médias e longas distâncias. A tração 6x2, de fábrica, garante ótimo desempenho com grande capacidade de carga. Ele é equipado com motor eletrônico Cummins de 250 cv de potência. Perfeito para quem busca desempenho e baixo custo operacional, possuindo opções de cabine leito e estendida.

Lançado na edição de 2007 do Salão Internacional do Transporte, o VW Constellation 25.370 6x2 já se consagrou no mercado de extrapesados. O veículo, que também estará exposto na feira, possui cavalocavalo mecânico de 367 cavalos de potência desenvolvido para operar de acordo com a resolução 210 do Contran, tracionando semi-reboques de até 57 toneladas de peso bruto total combinado e até 60 toneladas de capacidade máxima de tração em carretas especiais ou convencionais em curtas, médias e longas distâncias.

FENATRAN 2009 - Especial Mecânica Online
FENATRAN 2009 - Especial Mecânica Online
Presidente Lula durante visita no estande da MAN

Tecnologia e sustentabilidade - O já consagrado VW Constellation 19.320 chega à FENATRAN com uma grande novidade. A partir de outubro, o veículo passa a contar com a opção de transmissão automatizada V-Tronic. A tecnologia, já disponível na linha de ônibus Volksbus, garante ao veículo melhor desempenho, menor consumo de combustível, maior vida útil ao conjunto motor-transmissão, maior conforto e ergonomia, e, consequentemente, redução de custos com manutenção.

Além da transmissão automatizada ZF de 16 marchas, o veículo exposto na FENATRAN mostrará outra grande inovação da montadora na área de sustentabilidade ambiental: o kit B100, que está sendo testado em caráter experimental pela Engenharia da MAN Latin America. O sistema, inédito no mercado, permite que o motor do caminhão opere com 100% de biodiesel na maior parte de sua utilização.

É importante lembrar que a MAN Latin America é pioneira na pesquisa de biocombustível aplicado a veículos comerciais no Brasil. Grandes empresas, como o Grupo Bertin, já realizaram diversos estudos em parceria com a montadora utilizando a mistura de biodiesel ao óleo diesel em até 20%. Hoje, todos os caminhões Volkswagen já estão aptos a rodar com uma mistura de até 5% do biocombustível.

Mas o biodiesel não será o único tema relacionado ao Meio Ambiente exposto no estande da montadora. Durante a feira, a marca trará diversas atrações que mostrarão aos visitantes a importância da responsabilidade socioambiental. Em uma delas, peças de veículos que passaram por manutenção preventiva estarão expostas com outras que não sofreram o mesmo processo em um determinado período, expondo as visíveis diferenças entre elas.

No mesmo espaço, atores mostrarão de forma criativa que, fazendo regularmente a manutenção preventiva, o caminhoneiro ou frotista reduz o tempo de desgaste das peças e ainda a emissão de gases na atmosfera, beneficiando o Meio Ambiente.

Além das apresentações teatrais, serão exibidos vídeos em telões que mostrarão muitas das ações sócio-culturais e ambientais da empresa, como o patrocínio a diversas produções cinematográficas e peças de teatro, e o plantio de mais de 300 mil mudas de árvores em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica.

2009 | EDIÇÃO 118 | ANO X | OUTUBRO | ESPECIAL | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
MAN Latin America inova em sustentabilidade ambiental
Entre as pesquisas de ponta conduzidas pela montadora, destaca-se o início de testes com caminhões movidos a mistura de etanol e biodiesel já em 2010

                   A MAN Latin America, empresa pioneira na pesquisa de biocombustível para veículos comerciais no Brasil, iniciará testes com caminhões movidos com a mistura de etanol/biodiesel, na proporção de 70/30%, no primeiro trimestre de 2010. O trabalho será conduzido pela Engenharia da montadora em parceria com a área técnica da MAN Veículos Comerciais, sediada na Alemanha. Os primeiros protótipos serão avaliados em frotas de clientes no setor sucroalcooleiro, nas condições reais de uso em lavoura.

Além disso, a MAN Latin America avança nos estudos para o uso do gás natural veicular (GNV), desenvolvidos em parceria com empresas como Cummins e MWM International. Modelos Volksbus equipados com motor Otto movidos a 100% de gás natural já foram testados em ônibus urbanos na cidade de São Paulo. Já a mistura diesel/gás, utilizada em motor mecânico, foi avaliada numa frota de caminhões na Baixada Fluminense, e hoje está disponível como uma solução de pós-vendas da Bosch.
"Um dos maiores desafios da indústria automobilística neste novo século é a obtenção de novas tecnologias de propulsores veiculares e o desenvolvimento de novos combustíveis que possam substituir os derivados de petróleo. São essas as razões dessas pesquisas, que ainda buscam o desempenho ambiental superior dos nossos produtos", diz Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America.

No exterior, a MAN Veículos Comerciais já oferece ônibus urbanos diesel/elétrico em série e prevê a comercialização de caminhões leves com a mesma tecnologia a partir de 2012.

Novidades na Fenatran - No Salão Internacional do Transporte de São Paulo - Fenatran, a MAN Latin America também apresenta grandes inovações na área de sustentabilidade ambiental.

Uma delas é o kit B100, que está sendo testado em caráter experimental pela Engenharia da montadora. O sistema, inédito no mercado, estará instalado no VW Constellation 19.320 exposto no estande e permite que o motor do caminhão opere com 100% de biodiesel na maior parte de sua utilização.

O kit possui diversas especificações como tanque de combustível adicional, mangueiras e filtro especiais, além de uma unidade gerenciada eletronicamente que injeta a quantidade de biodiesel exigida conforme a aplicação.

A MAN Latin America iniciou testes com a mistura B5 de biodiesel em 2003. De lá para cá, a montadora foi resposnável por diversos testes com a mistura B20 para caminhões normais de produção em parceria com diversos frotistas como o Grupo Bertin.

A montadora possui ainda um acordo com o Governo do Estado do Rio de Janeiro para testes com mistura de 20% de biodiesel ao óleo diesel em frotas de ônibus com vistas aos jogos de 2016, e também já negocia parcerias com o Governo do Estado de São Paulo.

Novas tecnologias - Mas a MAN Latin America também está à frente quando se trata de questões de sustentabilidade. Os caminhões da linha VW Constellation apresentam desempenho ambiental superior aos seus antecessores e por isso foram certificados pela norma internacional ISO 14040, que leva em conta a análise do ciclo de vida do produto, considerando o seu impacto no Meio Ambiente desde a extração da matéria-prima, sua transformação em produto, seu uso durante a vida útil até, finalmente, o seu descarte.

Matéria completa na próxima edição da Revista multimídia Mecânica Online
Saiba mais: http://www.mecanicaonline.com.br/revista

http://www.mecanicaonline.com.br capa capa créditos imprimir adicione aos favoritos fale conosco fale conosco