AGOSTO l LANÇAMENTO DE DE AVENTURA l SÉRIE ESPECIAL
Chevrolet Astra Multipower 2.0: álcool, gasolina e Gás Natural Veicular (GNV)
Primeiro veículo do mundo com tecnologia multicombustível – Gasolina/Álcool ou GNV (Gás Natural Veicular)
Ar-condicionado de série em todas as versões
Acelerador eletrônico (Tecnologia "Drive by Wire")
Garantia Chevrolet de fábrica

A General Motors do Brasil surpreende o mercado e apresenta o primeiro veículo no mundo produzido em série com capacidade para rodar com os combustíveis álcool e/ou gasolina – em qualquer combinação entre os dois – e ainda com o Gás Natural Veicular (GNV). Trata-se do quinto lançamento da Chevrolet em 2004. O Astra Multipower começa a ser comercializado ainda neste mês de agosto na Rede de Concessionários Chevrolet.

O Multipower 2.0 sedã, com o excelente motor 2.0 litros 8 válvulas é o novo membro da família Astra, campeã de vendas na categoria desde o seu lançamento, em 1998. Trata-se do primeiro carro multicombustível oferecido de série, portanto com garantia Chevrolet de fábrica.

"Este lançamento é mais um passo ousado da General Motors do Brasil, no desenvolvimento de veículos que utilizam combustíveis alternativos. Temos realizado grandes investimentos em tecnologia para oferecer ao consumidor brasileiro automóveis modernos e que possam utilizar o combustível que seja economicamente mais viável no momento", destaca Ray G. Young, presidente da General Motors do Brasil e Mercosul.

O Astra Multipower é oferecido somente na carroceria sedã, com as versões da recém lançada linha 2005 em configurações específicas: Comfort e Elegance, com acabamentos e estilos diferenciados.

"Este é um dia vitorioso para a indústria automobilística brasileira, única no mundo a ter essa versatilidade e que conhece, pela primeira vez, um produto multicombustível a sair de fábrica habilitado a rodar com gasolina, álcool ou gás. Isso demonstra a capacidade da engenharia automotiva brasileira na inovação e desenvolvimento tecnológico. Portanto, mais uma vez, é a Chevrolet andando na frente", afirma José Carlos Pinheiro Neto, vice-presidente da General Motors do Brasil.

A garantia do Chevrolet Astra Multipower é a mesma do restante da linha e o veículo terá a sua manutenção feita na Rede Chevrolet.

Motor Multipower - O Chevrolet Astra Multipower utiliza o motor 2.0 litros de 8 válvulas equipado com o sistema eletrônico Flex Fuel, desenvolvido pela Bosch em parceria com a Powertrain para a General Motors, em conjunto com o sistema de injeção seqüencial de gás – geração 5, desenvolvido pela Rodagás.

A nova motorização é baseada na consagrada "Família II", com 2.0 litros. A potência máxima varia de 127,6 cavalos de potência com o uso exclusivo do álcool, 121 cv com gasolina a 105,8 cv com o uso do GNV, todos a 5.200 rpm. O torque é de 19,6 kgfm com o álcool, 18,3 kgfm com gasolina e 16,4 kgfm com o GNV. A taxa de compressão é de 11,3:1.

O veículo foi desenhado com dois circuitos de combustíveis: um para o líquido, podendo ser abastecido com gasolina ou álcool puros ou a combinação dos dois, e outro para o gasoso (GNV).

O motorista pode selecionar a injeção do combustível que deseja utilizar por meio de uma chave no painel do veículo.

O sistema de partida é feito pelo sistema gasoso, o que eliminou o reservatório de gasolina para a partida a frio. Para garantir a segurança da partida, sempre que o sistema gasoso diminuir para 15% da sua capacidade, automaticamente a central de gerenciamento eletrônico seleciona o modo combustível líquido, garantindo assim uma reserva segura.

O sistema de injeção de gás para utilização do GNV (Gás Natural Veicular), fornecido pela Rodagás, é de quinta geração e utiliza bicos injetores seqüenciais que proporcionam a melhor potência, economia e menores níveis de emissão que as gerações anteriores.

O modelo – como o restante da linha – é equipado também com o sistema de acelerador eletrônico ("Drive by Wire"), tecnologia que proporciona maior conforto ao dirigir e retomadas mais precisas.

Como funciona o Multipower? - O funcionamento, com relação aos combustíveis líquidos, se dá da seguinte forma: após o abastecimento do veículo, a bóia do tanque identifica se combustível ou a mistura dele foi alterada. Desta forma, o módulo central eletrônico (ECM - Engine Control Module) que monitora o sistema, entra em modo de reconhecimento de combustível.

O sistema monitora a queima da mistura – tanto com o uso do combustível líquido quanto o gasoso (selecionado por meio de uma chave no painel) – enviando para o ECM sinais do sensor de oxigênio (sonda lambda); o ECM identifica através de algoritmos qual é a nova mistura de combustível existente no tanque ou o GNV, promovendo a correta combustão.

O software da unidade de controle otimiza também o avanço de ignição do motor para cada mistura de combustível, por meio da leitura do sensor de detonação ("knock sensor"). O ECM recebeu incremento na velocidade de processamento e memória, o que lhe permite monitorar constantemente o sistema e processar o algoritmo de reconhecimento de combustível centenas de vezes a cada segundo.

Tecnologia Bosch - Pioneira no desenvolvimento do sistema Flex Fuel, a Bosch – em parceria com a Powertrain – foi responsável pela criação do sistema multicombustível para a General Motors, que agora equipa o Astra Multipower 2.0.

Para realizar este trabalho, os engenheiros da Unidade de Sistemas a Gasolina da Bosch utilizaram a experiência de 13 anos nesta tecnologia, já que em 1994, três anos após iniciar os estudos para o desenvolvimento do sistema, a empresa montou e apresentou o Omega 2.0 Flex Fuel que se tornou o primeiro carro multicombustível do país.

O grande desafio foi tornar o desempenho do Astra melhor em qualquer combinação de combustível, comparado com a motorização anterior. Em pouco espaço de tempo a Bosch, em conjunto com a Powertrain, desenvolveu e validou o software e a calibração do sistema, graças à competência e criatividade do time de engenharia local, que trabalhou simultaneamente com a equipe mundial da Bosch e da General Motors, para desenvolver a tecnologia necessária para esse lançamento.

Desempenho e economia - O Chevrolet Astra Multipower 2.0 apresenta números empolgantes, tanto de desempenho quanto de economia. Utilizando álcool, a velocidade máxima é de 203 km/h, com a aceleração de 0 a 100 km/h em 9s1. Já quando se utiliza gasolina, a velocidade máxima fica em 198 km/h, com a aceleração de 0 a 100 km/h em 9s8. Quando se usa o GNV a velocidade máxima fica em 185 km/h, com 0 a 100 km/h em 13s0.

Utilizando apenas gasolina o Astra Multipower percorre 9,5 km/l na cidade e 15,2 km/l na estrada, com uma média de 12,0 km/l. Quando se abastece com álcool, o Astra percorre 7,2 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada, com média de 8,7 km/l.

Quando utiliza o GNV o Astra Multipower percorre 12,7 km/m3 na cidade e 17,7 km/m3 na estrada, com uma média de 15,0 km/m3. Assim, a autonomia total do veículo é de mais de 1.000 quilômetros. A capacidade de armazenamento do GNV varia de acordo com a quantidade de cilindros, podendo ser utilizado um cilindro de 8m3 ou dois totalizando 16m3.

"O objetivo da Chevrolet é oferecer produtos que entusiasmem os clientes. Com o novo Astra Multipower, acreditamos ter atingido este objetivo. A engenharia da General Motors superou mais uma vez as expectativas e entregou este novo produto em tempo recorde", destaca Pedro Manuchakian, diretor Executivo de Engenharia da GM LAAM (América Latina, África e Oriente Médio).

Duas versões com acabamentos e conteúdos diferenciados - O Chevrolet Astra Multipower está disponibilizado com duas versões de acabamento com conteúdos e características diferentes:

COMFORT: versão de entrada da linha Astra, incorpora vários equipamentos considerados fundamentais e muito valorizados pelos clientes que exigem conforto, tais como ar-condicionado, trio elétrico e direção hidráulica.

ELEGANCE: versão intermediária da linha Astra, destina-se a clientes que, além do conforto, valorizam muito um visual elegante e diferenciado. Incorpora itens de aparência, segurança, conforto e conveniência adicionais aos encontrados na versão Comfort.

O Chevrolet Astra Multipower chega às concessionárias em todo o Brasil com opções de cores que seguem as mais recentes tendências do mercado e agregam beleza e atualidade. São elas: Azul Antares (perolizada), Bege Nevada (metálica), Branco Mahler (sólida), Cinza Trinidad (perolizada), Prata Escuna (metálica), Preto Liszt (sólida) e Vede Adhara (metálica).

Segurança total - O Astra Multipower conta com itens de segurança que tornam o veículo em um dos mais completos do mercado nacional.

Segurança ativa - A segurança ativa, aquela que previne os acidentes, conta com sistemas que auxiliam o motorista. Entre os principais destaques temos: freios a disco ventilado nas rodas dianteiras, o que proporciona frenagens em espaços mais curtos e com excelente trajetória.

Na versão Elegance temos faróis de neblina no pára-choque dianteiro. Em todas as versões do Astra há a luz de neblina acoplada à lanterna traseira, no lado do motorista. Nas laterais dianteiras o Astra possui com luzes repetidoras dos piscas, que auxiliam nas mudanças de faixas, advertindo os outros motoristas e motociclistas.

Segurança passiva - A segurança passiva, que entra em ação imediatamente após um eventual acidente, tem como principal destaque na versão Elegance os "air bags" frontais. A carroceria foi desenvolvida com áreas específicas de deformação, para melhor absorver a energia do impacto em diferentes ângulos.

O Astra Multipower conta com o travamento automático das portas ao atingir 15 km/h. A porta tem barras de proteção para minimizar as conseqüências dos impactos laterais, e reforços internos para aumentar a segurança e dificultar tentativas de arrombamento. O modelo possui também proteção adicional nas fechaduras de portas, dificultando a intrusão de instrumentos no veículo e ajudando a impedir eventuais furtos. Esse detalhe faz parte da preocupação da Chevrolet com a melhoria contínua dos veículos.

O Chevrolet Astra atende a todos os requisitos de segurança e possui também com o sensor de colisão, que destrava as portas em situação de acidentes. Os pedais são desarmáveis em caso de colisão minimizando as conseqüências do acidente na região das pernas do condutor.

Outros fatores da segurança veicular do Chevrolet Astra são os sistemas de pára-choques e absorção de impacto, estrutura com deformação progressiva, zonas de absorção de energia e distribuição controlada de esforços e célula de sobrevivência de altíssima rigidez (que mantém a integridade do compartimento de passageiros e tanque de combustível no caso de colisões severas), além de facilidade e baixo custo de reparo após colisões a baixa velocidade.

slideshow

Perguntas mais freqüentes
É possível utilizar apenas gasolina, álcool ou somente GNV o tempo inteiro?
Sim, é possível. Não há qualquer contra-indicação.

A vida útil do motor é a mesma? Sim.

Utilizando apenas álcool, o Astra Multipower terá problemas para a partida? Não, sempre as partidas são feitas com a injeção de gás e a partida ocorre normalmente, independentemente da temperatura.

Posso ficar sem gás? Como a partida acontece? Sempre que o nível do gás cair para 15%, automaticamente o sistema passa a injetar o combustível líquido, garantindo assim uma reserva segura para a as partidas.

Este sistema de GNV é de quinta geração, o que muda de uma para outra? As diferenças de geração para geração são: 1a - não possuía controle eletrônico de mistura, sendo aspirado e com misturador, além de maior consumo e menor potência e torque, possui níveis de emissão de 3 a 4 vezes maior que as emissões da gasolina. A geração 2 passou a utilizar um controle da mistura, na geração 3 o controle passou para dois pontos. A 4a geração passou a utilizar a injeção eletrônica de gás, deixando de ser aspirada e eliminando o misturador. A 5a geração, que utilizamos, passa ter a injeção seqüencial de GNV.

http://www.mecanicaonline.com.br capa capa créditos imprimir adicione aos favoritos fale conosco fale conosco