JUNHO l 2005 l AVALIAÇÃO MECÂNICA ONLINE l SIENA HLX 1.8 FLEX
Siena HLX esbanja tecnologia, luxo e sofisticação

                    Tudo começa na dianteira, o novo cartão de visitas da família Palio também está presente no Fiat Siena HLX avaliado pela Mecânica Online. Afilada e aerodinâmica, a dianteira é elegante e transmite força e energia. O grande destaque é o novo conjunto óptico. Seu design o deixou mais estreito junto à grade frontal, na qual sobressai o novo logotipo da Fiat. O conjunto se alarga e fica arredondado próximo da lateral do carro; depois, estreita-se novamente, como uma gota. Feito em uma única peça, o componente integra os três canhões refletores - farol baixo, farol alto e luz de direção.

Não deixe de ver | Galeria completa com os detalhes do Siena avaliado pela Mecânica Online

Sob a grade e os faróis, o robusto pára-choque integrado à carroceria reforça a impressão de força do carro. As tomadas de ar (nas quais, nas extremidades, em nosso modelo avaliado havia instalado faróis de neblina) acentuam o formato do capô, onde apenas um par de discretos vincos parte da grade em direção à borda externa do pára-brisa: os esguichos dos limpadores de pára-brisa ficam embutidos sob o vidro, deixando a tampa do compartimento do motor lisa e limpa.

Traseira - A parte posterior do Fiat Siena foi desenvolvida em coerência com a dianteira e com a nova identidade estética já utilizada na família Palio. Conserva e acentua a unidade visual, ressalta o perfil de uso do modelo e lhe dá um size impression (impressão de tamanho) maior. A nova tampa possui linhas suaves e uma discreta saliência na parte superior - como um aerofólio - que lhe confere um ar imponente. O novo conjunto óptico possui lanternas translúcidas e bipartidas - uma parte delas fica na tampa traseira -, sendo que as lâmpadas foram redistribuídas. A luz indicadora de ré, em formato de canhão, dá a todo o conjunto um aspecto bem mais moderno.

O pára-choque traseiro possui alojamento para a placa e não têm frisos, o que aumenta a sensação de fluidez e limpeza das linhas do sedã. Em nosso modelo avaliado, versão HLX, estavam incorporados ao pára-choque os sensores de estacionamento. As laterais trazem novas portas, com maçanetas de design mais moderno e ergonômico. As fechaduras ficam embutidas nelas.

Interior - O painel, de linhas modernas e retas, possui novas cores e comandos de textura suave e agradável. O desenho do quadro de instrumentos acompanha as linhas do painel, com grafias limpas. Tudo é claro e organizado, facilitando a leitura e o controle. Ao centro, o novo volante possui linhas mais atuais e empunhadura ainda mais cômoda. As linhas do painel de instrumentos continuam nos painéis das portas. Comandos, puxadores de portas e apoios para braço são novos, visando o conforto e a ergonomia. E os tecidos de revestimento têm tato suave, em cores e padronagens modernas e suaves.

No novo console central, integrado ao painel de instrumentos, os pomos do câmbio e do freio de mão, redesenhados, ganharam linhas mais modernas e oferecem uma boa empunhadura. As cores dos revestimentos acentuam a unidade estética do interior.

Inovações aumentam a qualidade de vida a bordo - Por definição, sedãs precisam ser confortáveis e espaçosos, e dispor de uma boa escolha de itens de comodidade e segurança. Afinal, eles devem servir tanto para os afazeres do dia-a-dia na cidade quanto para viagens com a família. O Siena 1.8 HLX oferece uma excelente qualidade de vida a bordo, na qual se destacam equipamentos nunca antes vistos em seu segmento, recursos de segurança de última geração e um habitáculo cômodo e funcional. Tudo concebido para agradar o cliente e tornar sua vida a bordo sempre mais prazerosa.

O interior do carro foi projetado para envolver os ocupantes em um ambiente calmo, sem estresse: formas, cores e texturas transmitem tranqüilidade e ajudam o motorista a manter sua atenção concentrada na rua. O modelo incorpora soluções inteligentes e criativas visando o melhor aproveitamento do espaço. Porta-objetos em locais estratégicos facilitam a vida do motorista, deixando seus pertences ao alcance da mão.

My Car Fiat - O sistema estreou na família com o Fiat Palio e chega agora ao Fiat Siena; é de série em todas as versões. Com o My Car Fiat, o motorista pode personalizar diversas funções do carro, deixando-o sob medida para seus gostos e necessidades. As principais funções do My Car Fiat são:
- Ativar e definir o alerta de limite de velocidade
- Selecionar o idioma do display: português, inglês, espanhol, francês, italiano, alemão, holandês ou polonês
- Habilitar e desabilitar da função B do Trip Computer, para monitorar dois trechos de viagem simultaneamente
- Ativar o travamento das portas quando o veículo atinge uma velocidade superior a 20 km/h
- Ajustar a sensibilidade do sensor crepuscular
- Reproduzir informações do rádio no display do quadro de instrumentos
- Acessar informações referentes à manutenção programada e à troca anual do óleo do motor

O motorista ainda pode personalizar outras funções, como o calendário, o relógio e a seleção do modo hora (12 ou 24 horas). E pode escolher as unidades de medida a serem exibidas pelo Trip Computer (por exemplo, km/h ou mph; km/l ou l/100 km), regular o dimmer (intensidade da iluminação) do painel, ajustar o volume de som emitido ao pressionar as teclas do menu My Car Fiat e o volume do aviso sonoro.

Computador de bordo - O equipamento, de série em todas as versões do novo sedã, permite ao motorista monitorar diversas informações de seu carro, como distância percorrida, consumo instantâneo de combustível, consumo médio, autonomia, velocidade média e tempo de viagem. Os dados aparecem no display do painel.

Sensores exclusivos auxiliam o motorista em diversas funções, aumentando sua segurança e comodidade ao dirigir. Os sensores são opcionais em todas as versões:

Sensor de estacionamento. Novidade na família Palio, esse sensor chega agora com o novo Fiat Siena para facilitar ainda mais o dia-a-dia do motorista. Nas manobras de marcha-à-ré, o dispositivo avisa o motorista se o veículo chegar perto demais de obstáculos posicionados posteriormente a ele. Quatro sensores utrassônicos colocados no pára-choque traseiro disparam um sinal sonoro, cuja freqüência aumenta à medida que o obstáculo se aproxima.

Sensor crepuscular. Este prático item automaticamente acende as luzes de posição do carro sempre que ele entrar em um local escuro -- como um túnel ou garagem -- e as apaga quando ele sair. A sensibilidade do sistema pode ser ajustada em três níveis por meio do My Car Fiat.

Sensor de chuva. Outro item exclusivo do novo Fiat Siena em seu segmento é o sensor de chuva. Ele automaticamente ativa os limpadores de pára-brisa toda vez que começa a chover, e os desativa quando a chuva cessa. O limpador funcionará sempre na velocidade adequada à intensidade da chuva no momento.

Espelho eletrocrômico. Ele evita que o reflexo dos faróis de veículos que vêm atrás ofusquem o motorista.

CD player com MP3 + rádio com RDS integrado ao painel - O novo Fiat Siena também é o único modelo de seu segmento a oferecer CD player com MP3. O MP3, ou Mpeg Layer 3, é um formato de áudio digital compactado que permite gravar horas e horas de música em um único CD. O sistema de som do carro também incorpora a função RDS, ou Radio Data System, que mostra no visor do rádio mensagens de texto enviadas pela emissora sintonizada, como informações sobre o transito, o nome da emissora e temperatura externa, entre outras.

Uma variedade de outros itens foi acrescentada ao novo modelo para melhorar ainda mais a qualidade de vida a bordo, tornando qualquer trajeto mais agradável e seguro para todos os ocupantes:
- Travamento automático das portas. Os veículos equipados com vidros elétricos dianteiros e travas elétricas automaticamente incluem o mecanismo que trava as portas quando se atinge os 20 km/h.
- Vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico. Com sistema one-touch e antiesmagamento, oferecem comodidade e segurança para todos os ocupantes.
- Follow me home. Acendimento temporizado dos faróis baixos com o veículo desligado, para aumentar a segurança dos ocupantes ao entrar e sair do carro à noite.
- Acendimento da luz interna. A luz de teto se acende automaticamente quando se remove a chave da ignição.
- Temporização do desembaçador traseiro. Ele se desliga automaticamente em função da rotação do motor.
- CD changer no porta-luvas, com cinco CDs. O motorista escolhe os CDs que deseja ouvir e os arruma de antemão, o que é muito agradável e prático em qualquer trajeto. O CD changer fica escondido dentro do porta-luvas inferior.

Interligando muitas dessas novidades está o sistema multiplexado Ve.NI.C.E. Plus, uma evolução do sistema Ve.NI.C.E. presente na geração anterior da família Palio. O sistema, que estreou no novo Fiat Palio, permitiu a incorporação de equipamentos como os sensores de estacionamento, crepuscular e de chuva, os side-bags e o computador de bordo. É a eletrônica trabalhando para ampliar o conforto, a segurança e a conveniência.

Mas não é só a eletrônica: mesmo nos menores detalhes o novo carro foi pensado para facilitar a vida do usuário. Pequenos ganhos no espaço interno, por exemplo, foram transformados em úteis porta-objetos que ajudam o motorista a manter seus pertences arrumados. E vários outros itens tornam a convivência das pessoas com o automóvel mais agradável.

Conheça os detalhes do Siena 1.8 HLX - 24 fotos
slideshow

Motores modernos para a família - O novo sedã da família Palio passa a ser equipado com três modernos motores. Dois deles já estão presentes no novo Fiat Palio, lançado no final de 2003. A novidade é o motor 1.8 Flex, que faz sua estréia nas versões topo de linha avaliada pela equipe da Mecânica Online.

Moderno, compacto, limpo e econômico, o motor 1.8 Flex tem como grande diferencial a capacidade de rodar tanto com gasolina quanto com álcool. Com qualquer proporção dos dois combustíveis, proporciona torque, dirigibilidade e baixas emissões. O sistema foi desenvolvido pela Magneti Marelli. O motor 1.8 Flex equipa a versão HLX do novo Fiat Siena e do hatchback Fiat Palio.

O motor 1.8 Flex, que equipa o Fiat Siena HLX, produz 106 cv de potência e 17,5 kgm de torque a 3.000 rpm rodando somente com gasolina; funcionando com álcool, são 110 cv de potência e torque de 18,4 kgm a 3.000 rpm. Com o novo motor, o Fiat Siena atinge a velocidade máxima de 187 km/h com gasolina e 189 km/h com álcool. O sedã acelera da imobilidade aos 100 km/h em 9,9 segundos com gasolina e em 9,7 segundos com álcool.

As principais características do motor 1.8 Flex são:
Drive by wire. Em vez do cabo do acelerador, uma central eletrônica gerencia a abertura da borboleta de forma progressiva. Isso evita os trancos na aceleração que podem ocorrer em retomadas e desacelerações abruptas. O resultado: melhor dirigibilidade e menos emissão de poluentes.
Cross flow. Admissão e descarga são realizadas em lados opostos do motor, melhorando o arrefecimento. Isso resulta em um rendimento melhor.
Taxa de compressão. A maior compressão da mistura ar/combustível - agora a taxa é de 10,5:1 -- gera mais potência e torque em todos os regimes de rotação do motor. O aumento foi obtido graças a novos pistões.
Bomba de óleo. Ela é comandada diretamente pelo eixo virabrequim, reduzindo o custo e o peso do conjunto e melhorando a eficiência .
Cárter estrutural. Feito de alumínio, é fixado diretamente à carcaça de transmissão, o que minimiza as vibrações do conjunto transmitidas ao habitáculo.
Tuchos hidráulicos. Mantêm constante a abertura das válvulas, dispensando os ajustes e reduzindo a geração de ruídos.
Sistema de partida a frio. O álcool apresenta dificuldades de partida em temperaturas inferiores a 15°C, o que exigiu a adoção de um sistema de partida a frio com gasolina. O sistema também funciona durante o aquecimento do motor, melhorando a dirigibilidade.

FICHA TÉCNICA l Fiat Siena HLX 1.8 Flex
Motor dianteiro, transversal, alimentação por injeção eletrônica multiponto, comando de válvulas no cabeçote
Cilindrada 1.796 cm³
Potência (cv) 106 a 5.500 rpm (gasolina) e 110 a 5.500 rpm (álcool)
Torque (kgfm) 17,5 a 3.000 rpm (gasolina) e 18,4 a 3.000 rpm (álcool)
Taxa de compressão 10,5:1
Câmbio Manual, de cinco marchas
Comprimento (m) 4,13
Largura (m) 1,63
Altura (m) 1,45
Entre-eixo (m) 2,37
Peso (kg) 1.080
Tanque (l) 48
Suspensão dianteira - McPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais, com barra estabilizadora, amortecedores hidráulicos de duplo efeito e molas helicoidais
Suspensão traseira - Com rodas independentes, braços oscilantes longitudinais e barra estabilizadora, amortecedores hidráulicos telescópicos de duplo efeito e molas helicoidais
Freios - Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira (com ABS opcional)

Confira a avaliação da Mecânica Online – Na rua, na chuva, na fazenda
Agora que você já conheceu os principais destaques do Fiat Siena 1.8 HLX é hora de conhecer a avaliação realizada pela Equipe da Mecânica Online que durante cerca de 10 dias foi possível verificar o comportamento do modelo na cidade, na estrada, com álcool ou apenas com gasolina. Não apenas beleza como também muita tecnologia agregada são os grandes diferenciais dessa versão, que possue preço na mesma altura das comodidades oferecidas. Vamos a avaliação:

A O  V O L A N T E
Direção 10
Suspensão 8

A versão avaliada pela Mecânica Online era a completinha, com todos os opcionais. Isso significa que esse Siena veio recheado de muitos equipamentos que visam a oferecer maior conforto para o motorista e passageiros. A mordomia começa com o bom sistema de som composto por rádio e CD player com leitor Mp3, que ainda opera uma útil disqueteira (de cinco discos) no porta-luvas. O motorista conta com regulagem elétrica de altura em seu banco. Se a luz externa diminui repentinamente, o sensor crepuscular acende os faróis baixos. Tudo isso implica em facilidades na condução do modelo. Considerando os buracos de nossas vias, a suspensão poderia ser um pouco mais macia, mas nada que interfira na boa condução.

V I D A  A  B O R D O
Conforto motorista 10
Conforto passageiro 10
Nível de ruído 10
Equipamentos 10

Com tanta tecnologia agregada quem ganha mesmo é o conjunto VIDA A BORDO. Sensores ajudam muito durante a condução e facilitam a vida do motorista. Durante nossa análise, logo ao sairmos no primeiro dia foi fácil verificarmos como o sensor de chuva entrou em ação ao cair das primeiras gotas de chuva no pára-brisa e variar sua velocidade de acordo com a intensidade. Destaque para a novidade na Família Palio quando o motorista vai realizar manobra de marcha-à-ré, o sensor de estacionamento avisa se o veículo chegar perto demais de obstáculos posicionados posteriormente a ele. Quatro sensores utrassônicos colocados no pára-choque traseiro disparam um sinal sonoro, cuja freqüência aumenta à medida que o obstáculo se aproxima.

C A R R O C E R I A
Arq. Interna 10
Acabamento 10
Porta Malas 10

O novo Siena é muito bem organizado e distribuído. A Fiat mantém no modelo o que já é sua característica conhecida de desenvolver modelos com bom acabamento e distribuição. Na hora da viagem o Siena mostra sua capacidade para transportar as malas (500 litros) e o acabamento externo da tampa do porta-malas deixou o modelo bonito e mais moderno.

M O T O R  &  T R A N S M I S S Ã O
Aceleração 10
Velocidade máxima 9
Câmbio 10

Testamos a versão com motorização 1.8 que roda tanto com álcool quanto com gasolina. Apesar do sistema de partida a frio, em alguns dias em que rodamos apenas com álcool tivemos um pouco de dificuldade para iniciar o veículo. O motor é econômico e produz 106 cv de potência e 17,5 kgm de torque a 3.000 rpm rodando somente com gasolina; funcionando com álcool, são 110 cv de potência e torque de 18,4 kgm a 3.000 rpm.
Atinge a velocidade máxima de 187 km/h com gasolina e 189 km/h com álcool e acelera da imobilidade aos 100 km/h em 9,9 segundos com gasolina e em 9,7 segundos com álcool. Quando o motorista pisa no acelerador o motor responde de forma progressiva até alcançar o que é solicitado. O rodar é macio e os engates do câmbio são muito bons.

S E G U R A N Ç A
Retomada 10
Frenagem 10
Visibilidade 10

Pontos para o ABS e os airbags frontais e laterais. Pena que o quinto passageiro não conte com cinto de segurança de três pontos e os freios traseiros ainda sejam a tambor. Ao pisar no pedal o freio responde rapidamente e as retomadas acontecem de forma progressiva, ou seja, o modelo permite que o motorista prepare e faça a ultrapassagem com segurança.

M E R C A D O
Custo/benefício 8

A Fiat mantém a filosofia de elevar o padrão das categorías em que atua. O Siena atende a esse critério: é um carro de padrão mais elevado, sem cobrar preço de modelo médio. Há opcionais exclusivos e alguns nem tão úteis, mas o que importa é que o cliente pode escolher ou não pelo seu uso, o que não se vê em muitas concorrentes. Um Renault Clio sedan Privilége (top de linha) com motor que embora de capacidade menor que esse da Fiat, desenvolve mais potência por causa do cabeçote de dezesseis válvulas, começa custando R$ 44.790 e vem com mais equipamentos de série. Um Chevrolet Corsa sedan 1.8 começa em R$ 36.240 e um Ford Fiesta sedan R$ 32.650. Esses trazem menos equipamentos que o Siena HLX, que inicialmente começa em R$ 36.520.

C O N C L U S Ã O
Ideal para uso urbano, traz um bom espaço por dentro mas ocupa pouco espaço fora. O sensor de estacionamento é muito útil e facilita muito a vida de quem dirige o dia inteiro. O porta-malas enorme comporta toda tralha que se leva em uma viagem.
A possibilidade de abastecer com álcool ou com gasolina representa uma liberdade incrível. Motor valente, resistente e de funcionamento suave. Câmbio de engates macios e precisos. Suspensão bem adaptada para enfrentar nosso piso esburacado.

A Fiat declara que com álcool no tanque ele faz a média de 8,4km/litro na cidade e 11,3km/litro na estrada. Com gasolina esses números sobem para 12,2km/litro na cidade e 16,3km/litro na estrada. Na prática, com álcool conseguimos uma média de 7km/litro na cidade e com gasolina, 9km/litro, um pouco distantes portanto dos números da Fiat

Avaliação l Tarcisio Dias

Fiat Siena 1.8 HLX Flex cedido pela Fiat do Brasil
Apoio: Concessionária Italiana - Carlos Alberto e Paula Sabino
Regional Fiat - Marcos Nadaline

Forte de São João Batista do Brum
Local escolhido para seção de fotos do Siena exibe armas, canhões, fotos e até o esqueleto de um soldado da época da invasão holandesa.

               Sua construção pelos portugueses foi iniciada no ano de 1626, sob as ruínas de uma trincheira, sendo responsável pela obra o engenheiro Diogo Paes.
Com a invasão holandesa, foi conquistado em 1630 pelos invasores, que concluíram as obras do forte sob a supervisão dos engenheiros Van Bueren, Commersteyn e Andréa Crewich.

Com a expulsão dos holandeses em 1654, foi reconstruído pelos portugueses. O Forte do Brum, como é conhecido popularmente, já acolheu a 21a Circunscrição do Serviço Militar da Sétima Região e presentemente é o Museu Militar, onde estão expostas armas, munições e fardamentos desde a época da invasão holandesa, até tempos mais próximos de nós.

Acompanhe na galeria de fotos o visual do Forte do Brum, que fica na Praça Comunidade Luso Brasileira s/n - Recife Antigo. Está aberto à visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30; e aos sábados e domingos e feriaos, das 13h30 às 17h.
A entrada custa R$ 2,00.

http://www.mecanicaonline.com.br capa capa créditos imprimir adicione aos favoritos fale conosco fale conosco