Mecânica Online®
revista multimídia centro de treinamento online cds interativos vídeosportal mecânica online®
seu veículo tecnovidade engenharia mercado seu veículo lançamentos especiais caixa de ferramentas
Mecânica Online®

2011 | OUTUBRO | LANÇAMENTOS | CONHEÇA A REVISTA MULTIMÍDIA MECÂNICA ONLINE
 Linha verde Peugeot RCZ: estilo e performance nas ruas brasileiras

    Cupê esportivo é o primeiro veículo de passeio da marca a ser denominado por letras, recebe a nova calibração do motor 1.6 litro THP com 165 CV de potência, 24,5 mkgf de torque, além de uma caixa automática sequencial de seis velocidades

CDs Mecânica Online®

Campinas (SP)

Reportagem | Tarcisio Dias / Fotos: José Mário Dias
Com assessoria da Peugeot

             O Peugeot RCZ surgiu como carro conceito e precisou de apenas dois anos para ser tornar uma realidade nas ruas mundiais. Cupê esportivo compacto (2+2 lugares) tem sua montagem no centro de produção da Magna Steyr, em Graz, na Áustria, especializada na fabricação de modelos exclusivos e construídos em pequena escala, de onde já saíram mais de 30 mil unidades para cerca de 80 países, e agora o Brasil.

A marca francesa amplia sua ofensiva em diversos segmentos ao mesmo tempo em que comemora 10 anos de presença no Brasil. Já tivemos os lançamentos da picape Hoggar, do crossover 3008 e, mais recentemente do sedã 408, ampliando assim a internacionalização cada vez maior da fabricante nos mercados participantes.

Mecânica Online®

De forma compacta e robusta, o desenho do RCZ oferece linhas esculpidas e elegantes baseadas em uma arquitetura admirável. A originalidade da dupla ondulação do teto e do vidro traseiro, o design das lanternas traseiras e dos dois arcos de alumínio são as características mais marcantes deste charmoso cupê.

Visualmente, o para-brisas, o teto na cor preta e as lanternas traseiras criam uma continuidade equilibrada, delimitada por dois arcos de alumínio. De perfil, o modelo apresenta uma harmoniosa união entre a sua frente e sua traseira. Outro elemento notável é o envolvente capô em alumínio, que engloba a grade dianteira e destaca a largura do veículo.

O estilo felino da dianteira, característico do universo Peugeot, os para-lamas de porte avantajado que envolvem as rodas de 18 polegadas, os difusores de ar ou mesmo os faróis traseiros na cor rubi cortados por faixas de cristais em LED (fazendo com que mesmo à noite se possa ter uma clara leitura de seu estilo) são detalhes que mesclam beleza e potência, a tecnologia e distinção expressadas pelo cupê.

Mesmo com grandes rodas, o RCZ dispõe de um coeficiente aerodinâmico de 0,32. O modelo conta com um aerofólio traseiro móvel, que contribui igualmente para a eficácia aerodinâmica. A peça se movimenta em duas posições de acordo com a velocidade do veículo, a fim de garantir o equilíbrio ideal entre bom comportamento em rodagem e consumo de combustível.

Mecânica Online®

A primeira posição (19º) é aberta quando o veículo ultrapassa os 85 km/h (e retorna para a posição inicial quando a velocidade fica inferior a 55 km/h), enquanto a segunda posição (34º) é acionada a partir de uma velocidade superior a 155 km/h (voltando à posição com velocidade abaixo de 142 km/h). Vale destacar que é possível ativar a posição “2” por meio de um botão localizado no console central, se o condutor assim desejar.

Mecânica Online®

No interior encontramos um desenho de painel que mistura linhas fluídas e materiais de boa qualidade, mantendo a característica esportiva do exterior.

Quando fomos realizar o teste drive com o modelo no evento de lançamento que aconteceu na cidade de Campinas, São Paulo, encontramos os bancos genuinamente esportivos, que seguram bem o motorista, mesmo em curvas mais fechadas. Elementos estilísticos como a presença de um relógio digital analógico no painel central, reforçam os traços da esportividade.

Mas como elemento figurativo, que mesmo funcional, o RCZ oferece dois bancos traseiros que podem ser rebatidos para ampliar a capacidade volumétrica do porta-malas, a mais generosa em seu segmento, que varia de 321 a 639 litros.

Quando o assunto é Mecânica Online encontramos a versão mais atual do conjunto motriz 1.6 litro Turbo High Pressure (THP) de injeção direta de gasolina, que produz 165 CV de potência e 24,5 mkgf de torque, aliado a uma caixa de câmbio automática sequencial de seis velocidades. Resultado de uma parceria de sucesso com a BMW, essa motorização segue a tendência mundial de downsizing: baixa cilindrada com alta potência e torque elevado em baixa rotação, combinando pequeno consumo e boa performance.

Mecânica Online®

O ganho de 9 CV em relação à motorização do 3008 (156 CV) se deve a uma nova calibração do sistema de gerenciamento do propulsor, bem como à alteração de componentes internos, como novos pistões, e sistema de escape com um novo tipo de catalisador.

Alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina, o motor de alumínio de 1.598 cm3 de cilindrada, desenvolvido com a BMW, tem cabeçote composto de 16 válvulas com comando de admissão variável, balancins roletados e desenvolve 165 CV de potência a 6.000 rpm. Com um torque máximo de 24,5 mkgf disponível a incríveis 1.400 rpm, oferece ao condutor força e segurança em ultrapassagens e retomadas de velocidade nos deslocamentos urbanos, por exemplo.

Mecânica Online®

A ótima performance desse motor deve-se ao desenvolvimento de diversos componentes com o propósito de redução de atrito, gerando, assim, economia de combustível e baixíssima emissão de poluentes na atmosfera. Exemplo: o alternador, a bomba de óleo, a turbina do motor, a válvula termostática, a bomba d’água e o comando de válvulas de admissão são pilotados, ou seja, comandados segundo uma estratégia definida eletronicamente pelo módulo da injeção eletrônica. Isso permite um controle muito mais preciso de seu funcionamento, sem desperdícios de energia comuns nos motores convencionais.

As folgas internas neste tipo de motor também são muito pequenas comparadas com os motores convencionais. Elas só são conseguidas porque em sua fabricação são utilizados maquinários modernos e de excelente padrão de usinagem, que gera uma durabilidade maior ao longo do tempo.

Mecânica Online®

Mecânica Online®

Atrelada a essa motorização, o veículo dispõe de uma caixa automática sequencial de seis velocidades. Trabalhando sempre com o melhor regime de rotação do motor, ela permite uma rápida e suave troca de marchas, contribuindo em boa parte ao grande prazer de condução proporcionado pelo modelo.

Outro fator importante na caixa automática é que o conversor de torque utilizado também é pilotado. Neste tipo de conversor, uma embreagem interna efetua a ligação mecânica entre o motor e a caixa, gerando o efeito de "freio motor". Assim, o condutor tem a mesma sensação de um carro equipado com caixa manual: ao retirar o pé do pedal do acelerador, o veículo "freia" pelo motor. Por consequência, há maior economia dos freios e de combustível, visto que a injeção, nestas condições, não libera uma gota sequer de gasolina para ser queimada.
Mas a boa “pegada” que o felino da Peugeot oferece na pista fica por conta do chassis desenvolvido a partir da plataforma 2 do Grupo PSA, com eixo dianteiro tipo pseudo McPherson e eixo traseiro com barra de torção.

Peso controlado, aerodinâmica trabalhada, posição de dirigir e o centro de gravidade rebaixados, aerofólio móvel e rodas de 18 polegadas (há também opção de 19 polegadas vendida como acessório) garantem ao cupê uma dirigibilidade alinhada com seu perfil dinâmico e esportivo, garantindo o prazer da condução.

Mecânica Online®

Mecânica Online®

A tecnologia também foi pensada para garantir a sensação de esportividade. Fazem parte da lista de itens de série equipamentos como controle de tração inteligente (ASR) integrada ao ESP, freios ABS de última geração, quatro airbags, Hill Assist (ajuda para partida em aclives), faróis de duplo xenon direcionais, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, ar condicionado digital Bi-Zone, para-brisas acústico, sistema de som de alta fidelidade Hi-Fi JBLTM, entre outros.

O RCZ se beneficia do mais alto nível de segurança passiva com uma estrutura otimizada que compreende, por exemplo, três pontos de reforço dianteiros para absorção de energia em caso de impactos, quatro airbags (dois frontais e dois laterais), além de sistemas de retenção eficazes e um capô ativo com acionamento pirotécnico, que foi especialmente desenvolvido para reduzir as consequências em um eventual atropelamento, sem interferir na estrutura do veículo em termos de desenho e arquitetura (base e capô baixos). Assim, quando os sensores situados na parte dianteira do veículo detectam uma colisão, um sistema pirotécnico localizado no capô é ativado e o eleva até 55 mm em apenas 0,1 segundo.

O RCZ será comercializado no Brasil a partir de outubro em versão única de acabamento, com quatro cores metálicas disponíveis (Azul Tuanake, Cinza Sidobre, Preto Perla Nera e VermelhoTourmaline), além de uma cor perolizada (Branco Nacre). O modelo conta com garantia de três anos sem limite de quilometragem, a maior entre seus concorrentes, e revisão com preços fixos.

O valor pedido pela versão única é de R$ 139.900, com o IPI especial para carros extra-Mercosul/México - agora suspenso até 15 de dezembro. O Mini Cooper Coupé S parte de R$ 149.950, enquanto o Audi TT começa em R$ 215.600, ambos já com incidência do novo IPI.

Mecânica Online®


Treinamentos Mecânica Online®

Plantão de notícias - Seu Veículo

  Ford Fusion inspira exposição de arte nos Estados Unidos

  Ano Novo, Carro Novo? Saiba dicas na hora de escolher o automóvel

  Na Europa, Ford B-Max é finalista no Prêmio de Carro do Ano 2013

  Ford conquista prêmio de inovação no relacionamento com o cliente

  Marca de lubrificantes Mobil lança promoção valendo Toyota

  Recall: motocicletas Triumph

Veja mais...
Veja todas as notícias publicadas nessa seção

Mecânica Online® capa principal Expediente Mecânica Online® imprimir página Favorito Mecânica Online® Fale com a Mecânica Online®